publicado em: 27/06/2020

NEM TUDO É O QUE PARECE

O título de "doutor" que Carlos Alberto Decotelli dizia ter obtido na Universidade Nacional de Rosario, na Argentina, e uma mentira padrão Jair. 

O reitor da universidade argentina, Franco Bartolacci, foi às redes sociais e contou que Decotelli chegou a apresentar sua tese em 2016. Entretanto, se deu mas em três avaliações da banca examinadora. 

Ou seja, ele NÃO É doutor, embora tenha dito em seu Currículo Lattes, que era. Mentiu, pois. 

Com a descoberta o novo Ministro da Educação foi duas vezes ao Lattes. Na primeira, "maquiou" o currículo. "Sem defesa de tese", acrescentou. 

Sem tese, requisito obrigatório, não se é "doutor". 

"Infelizmente sonhei com a tese que não consegui obter", disse ele, com aquela cara de pastor da Igreja do Valdomiro, que anotei na quinta. 

Na FGV há uma suspeita de que Decotelli fez plágio em um trabalho apresentado. Na época o examinador achou que ele copiou/colou.  

Subiu no telhado, dessa forma, diante de uma checagem básica, o "pós doc" na Alemanha, já que sem ser 'doutor' dão da pra ser pós.  

NÃO É A PRIMEIRA VEZ 
Damares Alves se apresentou como "mestre em educação, direito constitucional e direito da família", só que ela não tem mestrado. Nunca teve. 

"Minha qualificação é bíblica", reagiu assim a crente mentirosa, jurando em vão a religiosidade. 

Luislinda Valois, antecessora de Damares na gestão Temer, se apresentou como "Embaixadora da Paz na ONU", um título absolutamente inexistente. 
 
Dilma Rousseff, quando ministra de Lula, inventou um mestrado pela Unicamp, seria, "doutoranda" em economia monetária e financeira. Mentira.
 
Ela só frequentou os cursos, sem dissertações, e muito menos a apresentação de teses. 

LIÇÃO QUE FICA 
Porque em pleno Século 21 a galera ainda acha que cola aplicar mentiras que não resistem ao que é básico fazer, checar pra saber se é? 

Ao bolsonarismo é mais uma na cara, mas como eles engolem mentiras bastando arranjar alguma culpa ao PT, esquerda, comunismo etc, basta se consolar concluído que Jair não sabia. 

Seu Decotelli apagou as inverdades do Lattes, na calada da noite de sexta para sábado...

Publicado por Cláudio Teran
"Um cara que não se cansa de correr na direção contrária" Formado em Administração pela Universidade Federal do Ceará/UVA Cetrede