publicado em: 15/05/2020

TEICH DESISTE

Ministro pede demissão do desgoverno do Jair.Uma coletiva de imprensa está marcada para esta tarde (15.05) para esclarecer a exoneração. 

A saída do ministro acontece menos de um mês após ele substituir Luiz Henrique Mandetta.

Teich é um homem rico, ex-médico (ele mesmo disse) empresário do setor de equipamentos de uso médico, e não precisa passar o que sabe-se lá porque, topou aturar.

O ministério da Saúde, desde que Mandetta saiu está sob intervenção militar. O segundo homem da pasta é um general que não entende nada de saúde, mas foi colocado lá para "vigiar".

Nas coletivas o general Pazuello fala mais do que o especialista, o ministro Nelson Teich. 

Desde que Teich assumiu, Bolsonaro continou o mesmo. Desrespeita o isolamento social, não considera a gravidade da COVID, e ontem no fim da tarde desautorizou o ministro. 

Insistiu como continua insistindo em empurrar cloroquina no povo, ao preço que for, e ainda que a comunidade médica e científica não recomendem. Dr. Jair, mas pode chamar de Dr. Mengele, ta se lixando se o remédio fará bem ou não ao povo, mas  espera que sim, pois se morrerem menos "eleitores" (é assim que Jair se refere aos doentes de COVID) o governo dele escapa, "talkey"? 

Ainda bem que Nelson Teich não é abjeto como Regina Duarte. Sabe que seu nome estava indo pro saco em continuar nesta barca furada e caiu fora enquanto é tempo e para preservar a própria imagem. 

O que o Brasil vai fazer depois dessa? 

Sim, passou há muito tempo da hora de agir, e definitivamente demitir o Jair...

Publicado por Cláudio Teran
"Um cara que não se cansa de correr na direção contrária" Formado em Administração pela Universidade Federal do Ceará/UVA Cetrede