publicado em: 16/12/2020

VIDA DE GADO É DIFÍCIL...

VIDA DE GADO É DIFÍCIL...
Você que chama a Coronavac de "vachina", e topa passar vergonha nas redes pregando contra a vacina e a vacinação engula: Jair liberou a "vacina chinesa".
No discurso feito na manhã da quarta-feira (16.12) Bolsonaro traiu seu gado! E disse em discurso, que "é preciso união para combater algo que nos aflige há meses" (ou seja, a "gripezinha"). Traidor.
Nem parecia aquele tosco que o gado ama. Estava sereno, elogiou "o esforço dos 27 governadores" (eita gado, como é que ele fala isso, e agora?).
"Usaremos todas as vacinas, inclusive a Coronavac", frisou o pau mandado "jenerau" Pazuello, enquanto o "mito" sorria. Combinaram tudo antes.
Como ficam todas aquelas mentiras que você postou? Os compartilhamentos que fez, endossando pregação insana, estúpida e burra contra a vacina?
Vida de gado é difícil.
O Bolsonaro do gado é aquele que disse, "não vou me vacinar e ponto final, problema meu". É o que chama João Dória de "calça apertada". E o que quer "termo de responsabilidade", para vacinar o povo.
O traidor do gado é outro. É o político sem limites e nenhum escrúpulo. Informado de que a "Anvisa" da China vai aprovar a Coronavac em breves dias, foi alertado das consequências dessa decisão.
A Anvisa chinesa é uma das quatro referências do mundo em novos medicamentos. Quando ela da a a aprovação, o mundo inteiro passa a adotar.
Inclusive o Brasil, e a nossa Anvisa aparelhada.
Ciente disso, João Dória, o "adversário" de Jair - e bem mais inteligente que ele - agiu antes, caiu em campo e foi em busca da Coronavac, enquanto Jair apenas estimulava o gado a chama-la de "vachina".
Temendo por sua popularidade, e pelo que possa acontecer com sua imagem no momento em que o Brasil ver os paulistas se vacinando, Bolsonaro correu pra "vachina". E deu na cara do gado.
Traiu quem acreditou e engole tudo com idolatria surda e cega. Como está se sentindo, gado?
A "vacina da China", a "vacina do Dória", a "vachina" está garantida, e o que você que é gado vai fazer? Bom, vergonha não tens. Então aguente.
Ou beba Cloroquina, para recordar um pouco do papel feio, ridículo e inócuo que tens feito.
E Bolsonaro? Continua o mesmo, é o sociopata de sempre. Cedeu a razão? Nada! Cedeu à política. E coiceou o próprio "rebanho", mas, e daí?
Vida de gado é difícil...

Publicado por Cláudio Teran
"Um cara que não se cansa de correr na direção contrária" Formado em Administração pela Universidade Federal do Ceará/UVA Cetrede